Notícias

22/05/2019

UFPR garante vaga inédita na final masculina

Universidade Federal do Paraná (UFPR) e Unicesumar no masculino e Centro Universitário FAG e Unicesumar no feminino. Assim serão as finais do handebol na 59ª edição dos Jogos Universitários do Paraná (JUPS), que acontece em Maringá. Além da medalha de ouro, os campeões de cada naipe garantem vaga nos Jogos Universitários Brasileiros (JUBS), que acontecem em Salvador, na Bahia, de 20 a 27 de outubro.

 

No masculino, a primeira equipe a garantir a vaga na final foi a Unicesumar. O time venceu, nesta quarta-feira (22), o elenco da Universidade Estadual de Maringá (UEM) por 34x08, em partida realizada no Ginásio de Esportes do Parque do Japão. Os vencedores buscam o hexacampeonato.

a 

Unicesumar conquistou a vaga para sua sexta final ao bater a UEM. (Foto: Ricardo Morante/SEET)


“Essa é mais uma competição do nosso calendário. A equipe treina para outras disputas, entretanto os Jogos Universitários são vistos com muito carinho. Neste ano, estamos buscando a classificação e se chegarmos a ela, passando pela UFPR no jogo de amanhã, vamos lutar pelo lugar mais alto no pódio também nos JUBS em Salvador”, disse o técnico Marlon Aguiar de Araújo. Em 2018, o título bateu na trave e a equipe voltou com a medalha de prata na bagagem na disputa nacional universitária.

 

Levando a equipe a sua sexta final consecutiva, o técnico maringaense lembrou ainda que há cada JUPS o nível técnico dos adversários aumenta. “Algumas equipes antes não vinham com treinamento, simplesmente reuniam um grupo para entrar em quadra. A cultura dos Jogos mudou e percebemos que muitos hoje vêm com times bem organizados”, pontuou.

 

E se para os maringaenses a classificação para a final é algo normal, para os adversários é um feito inédito. Em uma partida muito disputada, a UFPR, de Curitiba, venceu o Integrado, de Campo Mourão, por 27 a 21 e chega a sua primeira final. “É algo muito bacana para nós. Atletas mais antigos, que já jogaram pela Universidade estavam nos mandando mensagens de incentivo e tudo mais”, disse o armador Gabriel Rieke.

a 

Jogadores comemoram com a torcida a vaga na final. (Foto: Ricardo Morante/SEET)


O atleta afirmou que a emoção é única e tudo é fruto de um trabalho mais aprimorado iniciado há dois anos. “Chegaram calouros que já jogavam e o time foi sendo moldado e melhorado”. Sobre a final, apesar da Unicesumar ser considerada favorita, o armador disse que o time não vai ter postura de derrotado. “Vamos aproveitar cada minuto desse jogo. Se a vitória não vier, teremos a experiência e a emoção de ter enfrentado uma grande equipe”. Gabriel está na UFPR há cinco anos, já é graduado e agora cursa mestrado.

 

O encontro entre a Unicesumar e a UFPR acontece na quinta-feira (22), às 10h, no Ginásio de Esportes da Praça do Japão.

 

Família UFPR

 

Muito mais do que uma equipe, a UFPR é considerada uma família. Foi o que afirmou o atleta Stallone da Costa Soares. Um dos armadores da equipe, Stallone está em Curitiba e é mestrando em Engenharia de Recursos Hídricos, mas é natural de São Tomé e Príncipe, no continente africano. Formado em Agronomia pela Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, no Ceará, o atleta chegou à equipe curitibana quando iniciou o mestrado.

a 

Stallone é africano e afirmou que o esporte ajudou a se integrar na Universidade. (Foto: Ricardo Morante/SEET)


“Eu jogava handebol no meu país e segui atuando quando cheguei ao Brasil. O esporte foi a porta para minha aproximação com outros estudantes. Fiz parte da equipe da minha antiga universidade e em Curitiba aconteceu o mesmo. O esporte realmente integra as pessoas. Eu sou o único estrangeiro do time e ele se tornou minha família aqui no Brasil, pois meus familiares estão todos na África”. Apesar da dificuldade da final, Stallone está confiante. “Vamos entrar focados, com muita força e buscar a vitória a qualquer custo”, concluiu.

 

Feminino

 

Nesta quarta-feira (22) também foi definida a final feminina do handebol nos JUPS. A Unicesumar garantiu vaga na briga pelo ouro ao derrotar a Pontifícia Universidade Católica (PUC) por 29x09. A vitória credenciou a enfrentar o Centro Universitário FAG conquistou a vaga após vencer a UFPR-Curitiba por 44 a 10. O confronto decisivo acontece no Ginásio de Esportes do Parque do Japão, às 8h30.

 

Para mais informações da Esporte Paraná, acesse:

facebook.com/EsporteParaná
instagram.com/esportepr

 

Para mais informações dos JUPS, acesse:
facebook.com/jogosuniversitáriosdoparana

 

Os Jogos Universitários do Paraná são organizados pela Esporte Paraná em parceria com a Federação Paranaense de Desportos Universitários e a Prefeitura de Maringá.


COM/JUPS

Ricardo Morante

 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.